Pitch Deck, a maneira de apresentar seu negócio de forma efetiva

Publicado: 24/09/2018

Seja na vida pessoal ou profissional, uma boa apresentação sempre promete bons frutos, e é por isso que investir na apresentação do seu negócio é crucial para conquistar investidores capazes de ajudar na evolução de seu empreendimento.

  

O Pitch Deck é um exemplo de apresentação que ajuda você a falar sobre o seu negócio de forma efetiva, mas para aqueles que não fazem ideia do que se trata, basta voltar um pouco no tempo e lembrar-se dos slides que eram usados tanto para apresentação de trabalho nas escolas e universidades, como em empresas.

 

Porém, esse tipo de slide é um pouco mais complexo, pois seu objetivo é fazer uma breve apresentação da empresa que convença os investidores de que se trata de um negócio com potencial de crescimento e alto lucro.

No caso, esses slides de alto impacto também poderão ser direcionados à outro público de sua preferência, como os potenciais clientes, os parceiros e os fornecedores.



Para uma startup que busca por investidores, o uso do pitch deck pode ser uma estratégia relevante para apresentar suas ideias. Entretanto, é válido dizer que essa “ferramenta” não é utilizada apenas para esses casos. Pelo contrário, ela se encaixa perfeitamente para apresentar um plano de negócio e até mesmo para servir como um breve resumo de uma empresa já consolidada.


No caso das startups, o uso dos slides de alto impacto se mostra interessante e mais prático, pois permite apresentar as visões da empresa e outros dados que, a princípio, são cruciais para engajar o investidor. Esses slides são inclusive uma forma de fazer os potenciais investidores conhecerem brevemente a empresa e com base nos dados que viram, solicitar reuniões para obter mais informações. 

Com isso, é fundamental que sejam desenvolvidas apresentações profissionais com uma estrutura consistente, que tende a variar com o tipo de investimentos que deseja obter. Assim, pode adotar uma estrutura com informações precisas, como o modelo de negócio, planos de mercado, projeções financeiras e outros.  

 

Iniciando a apresentação efetiva do seu negócio  

Como dito acima, para tornar a sua apresentação consistente e principalmente, convincente o suficiente para atrair novos investidores, é fundamental que use uma estrutura que compartilhe brevemente alguns dados do seu negócio, além de sua proposta, as suas projeções financeiras, o status atual e assim em diante.  

A ideia é que esses slides sejam capazes de instigar a curiosidade do investidor, ao ponto de fazê-lo questionar mais informações a respeito do seu negócio e de fato cogite a possibilidade de começar a investir no mesmo para ajudar tanto na solução dos problemas apontados, como também o crescimento e mais lucros.  

Em geral, existe uma estrutura que grande parte das startups fazem uso ao criar o seu pitch deck, mas entenda que o ideal é analisar se esse padrão é suficiente para falar a respeito do negócio e gerar o interesse nos potenciais investidores.


A estrutura do Pitch Deck costuma ser:  

 

• Problema;

• Potenciais soluções; 

• Visão geral do produto;  

• Principais stakeholders;  

• Oportunidade de mercado; 

• Análise competitiva; 

• Estratégia go-to-market;  

• Fase de desenvolvimento;  

• Riscos e desafios críticos;  

• Entre outros.